Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Amor, sexo e outras coisas de que as princesas não falam.


Sou fanática pelo Harry Potter e o cavaleiro defunto sabia disso. Rosas vermelhas são outra das coisas às quais não resisto, e essa praticamente toda a gente sabe, até porque é de senso comum. Todas as princesas gostam de rosas ou flores no geral.

 

Tinha estado em casa, a aproveitar as minhas folgas e preparava-me para voltar para a cidade onde trabalho e faço agora vida. Uma mudança que ocorreu há 5 meses atrás, até então nunca tinha estado longe do conforto da mamã. E sim, obriguei-me a essa mudança para superar o desgosto amoroso, verdade seja dita, não correu nada mal. 

 

Chego em cima da hora à estação, e como se isso não bastasse, na fila à minha frente está uma senhora a comprar bilhetes para o que parece ser um ano inteiro de viagens. A minha mãe antecipou-se e foi andando para a linha com a minha bagagem. Assim que tenho o bilhete corro atrás dela porque o comboio já tinha chegado. 

 

Ao lado dela um rapaz. Uma figura que não me era nada estranha. Era ele... O cavaleiro defunto, renascido das cinzas. 

 

- O que é que tu estás aqui a fazer?

- Tinha isto para te entregar. - do bolso tira um saquinho de plástico com um colar lá dentro. Era o símbolo dos três feiticeiros do Harry Potter. Aceito, dou-lhe um beijo na cara e entro no comboio. Despeço-me da minha mãe com um "Fala com ele."

 

Com uma mala enorme atrás e completamente longe da minha carruagem começo a andar pelos corredores do comboio com a cabeça feita em água. Acabo por deixar a mala numa carruagem que nada tinha a ver com a indicada no bilhete e preparava-me para voltar, já mais leve, para o meu lugar marcado. Quando saio de uma carruagem para a outra, oiço uma voz:

 

- Afinal ainda vim a tempo.

 

Caiu-me tudo. Era um amigo meu de há alguns anos que se lembrou de repente que está apaixonado por mim. Dentro do comboio. À minha espera.

 

- Só podes tar a gozar comigo. 

- Não tou nada, não fiques assim. Toma. - E de dentro do casaco tirou um ramo com 7 rosas vermelhas. 

 

Fiquei sem reacção. Ele deu-me um beijo na testa e saiu na estação a seguir.

 

Fui o resto da viagem inteira a pensar que a minha vida dava uma comédia romântica. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Silver Sky a 26.12.2013 às 14:37

eu li o que escreves-te e achei interessante gostei :) também escrevo coisas...histórias... passa por o meu blog :) e dá a tua opinião.
Imagem de perfil

De aputadaprincesa a 31.12.2013 às 10:32

Muito Obrigada. Por mais ficção que pareça, a verdade é que isto se passa mesmo na minha vida. Vou ao teu blog dar uma espreitadela *

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



Favoritos