Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amor, sexo e outras coisas de que as princesas não falam.


Se há coisa de que me apercebi nos últimos meses é da necessidade que os homens sentem de ter uma mulher como "a amiga". Especialmente depois de uma separação. 

Uma amiga que os oiça, que os aconselhe, que lhe desmistifique a mente feminina, mas acima de tudo uma amiga com a qual possam ter aquele eventual flirt que lhes mantenha a dignidade masculina.

Todas nós ja fomos essa amiga e já conhecemos essa amiga de alguém. Escusado será dizer que para as namoradas, as mulheres, as ex-namoradas e afins do homem em causa, esta amiga representa um perigo iminente. Sabemos que ela que lhe conhece o lado frágil, o lado mais humano e sentimental e que isso os deixa, aos dois, bastante vulneráveis. Sabemos que a linha que separa um "tenho saudades tuas" dum "se me deixasses, saltava-te para cima" é muito fina, isto porque, nós próprias já tivemos nesse lugar.

O mais caricato desta situação é que quando confrontados com isto, ou no meio duma crise de ciúmes, os homens desvalorizam e negam esta cumplicidade bilateral e ambígua, mal sabem eles que sabemos sempre muito mais do que eles julgam.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



Favoritos