Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amor, sexo e outras coisas de que as princesas não falam.

Cinco meses sem o ver e tive de insistir.

Precisava de saber se já o tinha ultrapassado. Precisava de me sentir completamente segura de mim e invulnerável na sua presença. Insisti e marcámos um encontro. Agi o mais naturalmente possível, falámos da vida dele, falámos da minha. 

Despedimo-nos com dois beijos na cara e começaram as mensagens.

 

O que para mim foi a confirmação de que o sofrimento por uma pessoa muda completamente a opinião que tens sobre ela, para ele foi a confirmação de que fugir de um problema é dificultar a sua resolução.

 

Está arrependidíssimo. O orgulho masculino impede-o de conseguir viver com o facto de eu ter estado com outras pessoas. Que ingénuo.

 

E como se isto não bastasse, agora que eu já estava tão bem sem ele, ele resolveu que me quer de volta na vida dele.

 

Alguém vai sair magoado no meio disto tudo e juro que não vou ser eu.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



Favoritos