Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Amor, sexo e outras coisas de que as princesas não falam.

- "Tu fodeste 3 gajos?" - perguntou-me...

Não ouvi, nem vi, mas tenho a certeza que o pronunciou com repugna e frieza, como quem acaba de ser brutalmente ofendido e riposta com a simples arrogância do desprezo.

 

Ri-me. Não o consegui levar a sério. A sua incredibilidade soara-me tão inocente quanto ridícula. 

- "Mas tu és uma princesa" - continuou...

Tive que o corrigir: "ERA. Era uma princesa." 

 

A princesa morreu no dia em que ele decidiu roubar-lhe a coroa e o coração. Rasgou-lhe o vestido sem dó, sem que ela sequer o visse. Trocou a realeza pela anarquia, afinal, a vida boémia era muito mais aliciante.

Fiquei a olhar para as ásperas palavras de nojo e desrespeito que continuaram a surgir no ecrã.

Achei inacreditável a fraca noção que ele tinha das consequências dos seus próprios actos.

 

Não resisti e entrei naquele jogo de palavras, deixando que estas fossem as minhas últimas: "Quem fodeu a princesa, foste tu!"

 

A princesa vestiu umas calças de cabedal, carregou no eyeliner, acendeu um cigarro e fez-se à vida.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



Favoritos